Conhecendo a Índia

Publicado: 26/06/2009 por Cinthia Almeida em Bairro, Nosso Bairro, Cotidiano, Cultura
Tags:, , , , , , , , ,

danca Índia e seus segredos

A cultura indiana é muito rica e diversificada. É uma cultura milenar que recebeu, com o passar dos séculos, várias influências orientais e ocidentais. Representa uma das civilizações mais antigas da história. Seus aspectos são marcados pela arte, dança, música, religião, sistema de castas, filosofia, festas (Bharathanatyam – dança clássica da Índia)

A dança mais popular da Índia é a Bharathanatyam. Ela é clássica tradicional, onde os dançarinos fazem lindos e suaves movimentos e poses. As letras deste tipo musical falam das grandes realizações de deuses e heróis da mitologia. Esta dança surgiu há mais de 5 mil anos no sul da Índia e influenciou outros estilos de dança em várias regiões da Índia e do continente asiático.

A música tradicional indiana é resultado da fusão musical dos diversos grupos étnicos e linguísticos da região. As letras seguem um caráter emotivo e descritivo. Um dos instrumentos musicais mais utilizados na musica tradicional indiana é a tambura (instrumento de cordas).

Na arquitetura histórica destacam-se os tempos (locais das cerimônias religiosas). Estes chamam a atenção pela beleza dos detalhes e riqueza na decoração. O Taj Mahal, situado na cidade de Agra, é uma das obras de arquitetura mais conhecidas deste país. Com influência islâmica, este mausoléu é considerado pela UNESCO como um Patrimônio da Humanidade.

Sua filosofia está muito ligada à religião. As principais correntes filosóficas são: budismo, yoga, jainismo, tantra, bramanismo e sankhya. A religiosidade na Índia é muito forte, pois esta região é considerada um dos berços religiosos das civilizações antigas. Grande parte dos indianos é seguidora do hinduísmo. Porém, existem também praticantes do islamismo, budismo, jainismo, siquismo e cristianismo.

Sistema de Castas, embora tenha sido oficialmente extinto, ainda faz parte da cultura hindu, embora tenha sido modificado no seu formato original. No sistema antigo, as pessoas eram divididas de acordo com sua posição social. Os grupos (castas) eram: brâmanes (religiosos e nobres), xatrias (guerreiros), vaixias (agricultores e comerciantes), sudras (escravos) e párias (sem castas).

Grande parte das festividades indianas está relacionada com aspectos religiosos. As principais festividades são: Holi, Festival das Cores (de fevereiro à março); Khumba Mela (festival religioso que ocorre quatro vezes a cada doze anos); Ganesha Festival (agosto e setembro) e Festival das Luzes (Diwali).

Fonte: Sua Paesquisa

O grande ganhador do Oscar de 2009 ‘Quem quer ser um milionário?’ mostra por que a Índia está na moda. Filme que se passa na Índia levou oito Oscars, inclusive o de melhor diretor e filme. Dirigido por Danny Boyle (de “Trainspotting”, entre outros), “Quem quer ser um milionário?” narra à saga de Jamal, um garoto pobre de uma das maiores favelas da Ásia, que trabalha servindo chá em uma companhia de telemarketing e tenta reencontrar sua amada Latika (interpretada pela bela Freida Pinto).

Fonte: G1

Para nós brasileiros, a principal responsável pela disseminação da cultura indiana é a novela “Caminhos das Índias”

Abaixo uma lista das palavras mais faladas na novela.

(traduzidas pelos próprios atores)

Are baba: Equivalente a um “poxa!”, “ô, Deus”, “não brinca” ou “ah, não”.

Arebaguandi: também no sentido de “ai, meu Deus”, mas o final “di” significa um respeito maior à pessoa a quem você se dirige.

Atchá: expressão de satisfação

Atchatchatcha: expressão que traduz muita satisfação

Baguan keliê: “por Deus!” ou “ô, meu Deus!”

Djan: querido, amado

Djan, djan: “vá, vá” ou “vamos”

Firanghi: estrangeira

Tchalô: “vamos!”

Ulu: pessoa estúpida, burra

Ulucapatá: “o maior de todos os burros!”

Baldi ou papa: pai

Mami ou mamadi: mãe

Bhaya: irmão mais velho

Didi: irmã

Barepapa: tio por parte de pai (o mais velho)

Caca ou tchatcha: tio por parte de pai (o mais novo)

Mama: tio por parte de mãe

Massi: tia por parte de mãe

Dada: avô por parte de pai

Dadi: avó por parte de pai

Nana: avô por parte de mãe

Nani: avó por parte de mãe

Por Cinthia Almeida

Anúncios
comentários
  1. Lica disse:

    Gostei bastante das infos sobre a Índia. Legal mesmo. Aliás gostei bastante do teu blog, ver se atualiza ele mais vezes.

    Bjs!

  2. olavo bruno disse:

    as músicas indianas são otimas essa música é elemento importante da indentidade indiana.

  3. Karinny Freitas disse:

    are gostei muito das informações .
    adoro as musicas sao realmente contagiantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s